carspalmeiras

 
Registro: 06/11/2013
vencer é o que importa, o resto é consequência. (airton senna)
Pontos79Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 121
Último jogo

A copa de Futebol de 1994

10/10/2019       
Ele é uma das referências do site, sempre gostei dos seus posts, e um daqueles que eu mencionei que não permite comentários, seu nome "dulcor".

O post anterior dele, causou uma pequena celeuma, entre eu e o meu filho, e gostaria, se possível, de uma opinião dele sobre o fato.

Mas antes, no post de hoje bateu uma saudade, a Copa de 94, (fico arrepiado só de lembrar), estava de férias em Recife - Praia Boa Viagem (os tubarões, perto da praia, aterrorizando os banhistas, ainda não existiam), os filhos pequenos, o sol aquecia a alma e a vida.

Estava na praia, com os filhos quando o avião trazendo a seleção brasileira, parou em Recife, foi uma comoção, a cidade parou nesse dia, nunca mais esqueci esse espetáculo.

A celeuma, meu filho acha, que esses grandes eventos hoje em dia, são puro entretenimento, espetáculo, e o público que frequenta esses mega evento, não estão nem ai se o artista está cantando ou não. 

O que importa é o show, exemplos a arena do palmeiras, quarta vamos jogar no Pacaembu, (pode isso), e todas essas arenas que foram construídas.

Será essa uma nova realidade, os entretenimentos, as séries, estão acabando com os filmes?

O que você acha.

Sua Opinião Importa

09/10/2019       
Bom dia, estando de volta, e pretendendo ficar por um bom tempo, sendo um leitor assíduo e voraz, (leio de tudo), gostaria de fazer uma pesquisa.

O motivo, ontem, dois blogs tinham como opção não receber comentários, um conheço de longa data, e sou fã dos seus textos, e essa sempre foi sua marca, não receber/permitir comentários, o outro ainda não conheço, mas gostei dos dois textos.

A pesquisa é:  você
- Aprova;
- Desaprova;
- Ou é indiferente

Tudo a seu Tempo!

08/10/2019       

Tudo neste mundo tem seu tempo;


cada coisa tem sua ocasião.


Há um tempo de nascer e tempo de morrer;


tempo de plantar e tempo de arrancar;


tempo de matar e tempo de curar;


tempo de derrubar e tempo de construir;


Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar:


tempo de chorar e tempo de dançar;


tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las;


tempo de abraçar e tempo de afastar;


Há tempo de procurar e tempo de perder

;
tempo de economizar e tempo de desperdiçar;


tempo de rasgar e tempo de remendar;


tempo de ficar calado e tempo de falar.


Há tempo de amar e tempo de odiar


tempo de guerra e tempo de paz.


Texto do rei Salomão, um bom dia a todos


Estou de volta pra Casa

07/10/2019       
Nossa, dois anos e meio se passaram. Parece que foi ontem. Tantas coisas aconteceram, algumas boas, outras que fazem parte da vida, mas que nós nunca estamos acostumados e nem preparados para enfrentar. Mas que é inevitável, e todos, indiferente, do sexo, da posição social, do grau de inteligência, do saber adquirido, iremos passar.

Falar das boas, o site me preparou, (e sou muito grato a ele), a jogar pôquer em U$ dinheiro real, comecei com a doação de U$ 1,00 de um amigo, que virou jogador profissional de pôquer, graças ao Game Desire, também, e hoje paga suas contas com o jogo.

Graças as promoções, e torneios Free, consegui um sólido bank rool, nunca tinha pensado em sacar U$, pois sempre vi o pôquer como um hobby.

Mas jogando à quase 6 anos, está na hora de deixar o pôquer  me retribuir a gentileza, então depois de fevereiro, começarei a sacar parte dos meus lucros no jogo.

Sempre gostei de ler, então estou de volta, e vou postar um pouco também, pois senti muita falta desse espaço. Sucesso e nos vemos por aqui.

O PAÍS DOS NOSSOS SONHOS

02/07/2017       
Quando vc perceber que para produzir, precisa obter autorização de quem não produz nada, que o dinheiro flui para quem negocia, não com bens, mas com favores, que muitos ficam ricos, pelo suborno, pela influência, mais do que pelo trabalho, que as leis, não nos protegem deles, mas que são eles os protegidos pela lei, quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em autosacrifício, então poderá afirmar, sem temor de errar, que nossa sociedade está condenada.
Meus lamentos Brasil.           
                                                    (Ayn Rand - escrito 1960)

OS DIAS ERAM ASSIM

17/04/2017       
hoje começa uma nova minissérie, que tem esse título, provavelmente não vou assistir, pois a muito tempo, deixei de assistir a tv aberta, a trama acontece nos anos 70, pra mim a era dourada, fase da adolescencia, das descobertas, das responsabilidades, muito se tem falado, escrito sobre o tema, eu vivi essa época. nas chamadas fica claro, que sera tratado o tema repressão, se vc fosse trabalhador e estudante, como era o meu caso, vc não teria esse problema, emprego era comum, vc entrava numa empresa, se não gostasse, entrava na firma em frente, devo ter uns 20 registros na carteira de trabalho, até achar a empresa ideal, e ficar 20 anos, quando sai pra montar meu negócio próprio. abro um adendo pra falar sobre a copa de 1970, eu assisti a final na tv, nunca na minha vida, vi um espetaculo como aquele, o céu de sp ficou coberto de balões, inesquecivel, voce andava na rua e se sentia seguro, quem tinha medo, era os bandidos, podem falar que tinhamos tudo isso, e não tinhamos liberdade de expressão, mas emprego, segurança, respeito as leis, eram direito de todos. hoje os desafios são outros, mas vivenciar esses anos foram magnificos.

QUANDO O CARNAVAL PASSAR

16/02/2017       
Boa tarde a todos, mais uma temporada de verão terminando, nenhum metereologista  previu esse verão, com todo esse sol e por tempo tão prolongado, pra minha cidade Peruíbe SP, que ainda depende do turismo foi um alívio. Parabenizar novamente a gloriosa Policia Militar do Estado de São Paulo, que realizou um belissímo trabalho preventivo, não dando moleza pra bandidagem. Peruíbe na temporada de verão, foi uma cidade segura. Poderia ser assim o resto do ano. DIREITO A PREGUIÇA, esse é um livro de 1.890, onde o autor propõe que todo ser HUMANO, trabalhe 3 horas por dia. O Brasil com 13 milhões de desempregados, podendo chegar a 20 milhões de desempregados, já tem todos os SINDICATOS DE TRABALHADORES e todos os TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DO TRABALHO, com DIREITO A PREGUIÇA, já que não tem TRABALHO mesmo. O livro está disponível na INTERNET, é gratuito, fácil de ler e trata de um assunto que só de escrever me dá ALERGIA, que é o TRABALHO. Depois do carnaval, volto a praticar meu esporte favorito: que é JOGAR POQUÊR, e praticar até dezembro o DIREITO A PREGUIÇA, que não sou de ferro. nos vemos nas mesas de poquêr, boa sorte, bons jogos e boa diversão

FELICIDADE e VIDRO - como se quebram fácil

21/10/2016       
Felicidade, não tem a ver com merecimento. É uma obrigação. É uma dívida, que eu tenho, por ter todas as condições. Não é sair para um passeio no parque, é se alistar para a guerra. 
Eu tenho o dever de ser FELIZ, porque se eu não for, qual será a minha utilidade real, para o mundo?.  Não mereço ser FELIZ. TENHO A OBRIGAÇÃO MORAL SE SER FELIZ.
                                  texto - larissa bittar

POQUER - a jogada chamada LIMP

18/10/2016       
tenho jogado muito nas mesas altas de  5k  10k, as vezes me aventurando nas de  25k  50k, e essa jogada LIMP é normal nessas mesas, a jogada consiste em só pagar a aposta, o que é considerado um ERRO, jogando desse jeito, fica geralmente, 4,  5,  6  jogadores na mão.  nas mesas de 250k  500k  isso não acontece, ficam  1,  2,   3  jogadores no máximo na mão. Então fica a sugestão, aumente a aposta, ou corra. pare de pagar para ver o flop, e observe o resultado do seu jogo. nos vemos nas mesas, boa sorte, bons jogos e boa diversão.

NADISMO - A ARTE DE NÃO FAZER NADA

04/10/2016       
é a arte de desfrutar momentos sem fazer nada. 
Quando, depois de praticar meu esporte favorito, que é jogar POQUER no site, e estiver meditando na minha rede de balanço, praticando o ÓCIO CRIATIVO, vou ver se monto um clube desse aqui na minha cidade, visto que sou uma sumidade no assunto, e eu nem sabia.
Viva a internet, para nos manter antenados, com essas novas tendências.

Páginas: 6