acma1953

 
Registro: 03/01/2011
I miss you,I'm gonna need you more and more each day I miss you, more than words can say More than words can ever say
Pontos40Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 160
Último jogo

Presentes

Presentes: 116

Últimas visitas

Total de visitas: 5606
3 dias atrás
10 dias atrás
10 dias atrás
14 dias atrás
20 dias atrás
27 dias atrás
31 dias atrás
32 dias atrás
34 dias atrás

Mural

  • acma195347 dias h
    Num dia de sol cada vez mais perto de ti oiço o tempo a descer pelas paredes e pinto um cenário onírico, acendo o aroma doce da tua memória visto a mesa de festa e mascaro-me de anjo.
    Foco a lente e estudo o ângulo, enquadro a minha alma na tua pinto um quadro de mim...e registo num segundo a tua ternura de sempre

    https://youtu.be/G5Ag80NnyoI
  • cristall_3249 dias h
  • zozita50 dias h
    https://youtu.be/I9UlR6mRtLw
  • acma195350 dias h
    Amigos do melhor
    Palavras para quê? Tu estavas lá...
    Tarde inesquecível e para repetir...
    As portas estão sempre abertas...
    O lugar de estacionamento
    Vai ficar guardado para ti...
    E é mesmo quando estou com vocês
    Até nem digo nada de jeito
    E principalmente de ti...
    São parte da minha vida

    https://youtu.be/6DSl1yqKhB4
  • acma195354 dias h
    "As palavras que nunca te direi"
    "Estou aqui para te amar
    para te segurar,
    para te proteger...
    Estou aqui para aprender contigo
    e para receber o teu amor em troca.
    Estou aqui
    porque não existe outro sitio onde possa estar..."

    Nicholas Sparks in "As Palavras Que Nunca Te Direi"
    https://youtu.be/ONPqb-sotOM
  • acma195357 dias h
    Bom dia, quarta-feira! Seja especial e traga muitas alegrias para todas as pessoas que amo.

    https://youtu.be/L8JB99wkGMg
  • acma195362 dias h
    Há algo que me leva sempre a ti, como que uma força inexplicável, um magnetismo incrível.
    Aconteça o que acontecer, diga eu o que disser, faças tu o que fizeres, nada disso importa, porque esta força é tão superior a tudo isso.
    Prendes-me sem tocar, aprisionas-me sem correntes! Como fazes tu isso? Que poder é esse que tu tens?
    Nunca quis tanto um amor assim e ao mesmo tempo nunca desejei tanto não cair neste turbilhão de sentimentos, nesta tempestade de emoções.
    Descobriste o meu lado mais frágil e sempre aproveitaste isso para me manteres ao teu lado querida amiga... Das minhas fragilidades fizeste forças e tornaste-me uma pessoa melhor, e é por isso que consegues fazer-me permanecer ao teu lado, sabes tudo, conheces tudo, sabes tanto de mim!
    Não quero deixar-te ir!
    https://youtu.be/i9WgADAtBnQ
  • eliz_65 dias h
  • acma195366 dias h
    Devíamos estar juntos a ver na TV o GP do Brasil,um dos espectáculos que mais amavas. Aquela hora já estávamos em frente à caixa mágica visionando e "xingando" aquela ***** mais apertada que o Hamilton fez. Mas faltaste ao compromisso, e lembrei do nosso jogo reflectido naquela canção que ambos adorávamos. Porquê? porque faltaste ao prometido?:
    Naquele trilho secreto com palavras santo e senha
    Eu fui língua e tu dialecto, eu fui lume e tu foste lenha
    Fomos guerras e alianças
    Tratados de paz e péssangas
    Fomos sardas pele e tranças, popeline seda e ganga
    Recordo aquele acordo
    Bem claro e assumido..eu trepava um eucalipto
    E tu tiravas o vestido
    Dessa vez tu não ***priste
    E faltaste ao prometido
    Eu fiquei sentido e triste
    Olha que isso não se faz
    Disseste que se eu fosse audaz
    Tu tiravas o vestido
    O prometido é devido
    Rompi eu as minhas calças
    Esfolei mãos e joelhos
    E tu reduziste o acordo
    A um montão de cacos velhos
    Eu que vinha de tão longe
    Do outro lado da rua
    Fazia o que tu quisesses
    Só para te poder ver nua
    Quero já os almanaques
    Do fantasma e do patinhas
    Os falcões e os mandrakes
    Tão cedo não terás novas minhas.

    Compositores: Rui Veloso/Carlos Tê
    https://youtu.be/ewWlkzZoTeM
  • acma195368 dias h
    A um ausente
    Carlos Drummond de Andrade
    "Tenho razão de sentir saudade,
    tenho razão de te acusar.
    Houve um pacto implícito que rompeste
    e sem te despedires foste embora.
    Detonaste o pacto.
    Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
    de viver e explorar os rumos de obscuridade
    sem prazo sem consulta sem provocação
    até o limite das folhas caídas na hora de cair.
    Antecipaste a hora.
    Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas.
    Que poderias ter feito de mais grave
    do que o ato sem continuação, o ato em si,
    o ato que não ousamos nem sabemos ousar
    porque depois dele não há nada?
    Tenho razão para sentir saudade de ti,
    de nossa convivência em falas camaradas,
    simples apertar de mãos, nem isso, voz
    modulando sílabas conhecidas e banais
    que eram sempre certeza e segurança.
    Sim, tenho saudades.
    Sim, acuso-te porque fizeste
    o não previsto nas leis da amizade e da natureza
    nem nos deixaste sequer o direito de indagar
    porque o fizeste, porque te foste"
    https://youtu.be/EsSqemPGyIk

Páginas: 11